Estratégias Corporativas para a Inclusão de Portadores de Deficiência no Trabalho. DOI: 10.15600/1679-5350/rau.v1n1p1-12

Armindo dos Santos de Sousa Teodósio, Lucas José Villas Boas Givisiéz

Resumo


O artigo analisa a inclusão de pessoas portadoras de deficiência em organizações, através de um estudo de caso em uma organização pública governamental brasileira. Os autores discutem as possibilidades, problemas e perspectivas da mão-de-obra portadora de deficiência no mercado de trabalho, sobretudo após o avanço da legislação que assegura direito de acesso às organizações desse grupo profissional. Para a efetiva inclusão no trabalho são necessárias estratégias gerenciais que impliquem em um repensar significativo das práticas tradicionais de relações de trabalho. O caso em análise evidencia que o processo de inclusão no trabalho pode resultar numa inserção às avessas dos portadores de deficiência, minimizando o potencial de avanço das relações entre diferentes atores organizacionais diretamente ou indiretamente ligados ao processo de inclusão.

Palavras-chave


Inclusão; Portadores de deficiência; Estratégias gerenciais de inclusão

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Pós-graduação stricto sensu em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.