ANÁLISE SISTEMÁTICA DA LITERATURA SOBRE ESTRATÉGIA COMO PRÁTICA SOCIAL NA ÁREA DE ADMINISTRAÇÃO

Ana Paula Pereira dos Passos, Helena Wollinger, Ismael Luiz dos Santos, Sidnei Vieira Marinho

Resumo


Este artigo tem como objetivo verificar a evolução do tema Estratégia como Prática Social, em periódicos nacionais e internacionais na área de Administração. Para o alcance do objetivo realizou-se uma pesquisa bibliográfica utilizando os critérios da sistemática ProKnow-C, que consiste em um processo estruturado para a identificação de artigos com relevância científica. Partiu-se de um banco de artigos brutos de 49.854 estudos encontrados nas bases EBSCO, Emerald Insight (Emerald), Gale - Academic OneFile, SAGE Journals Online e Wiley Online Library, e no Journal da publicação seminal do tema Long Range Planning. Após a filtragem dos artigos, 89 trabalhos compuseram o portfólio bibliográfico, e partir deste, realizou-se a análise sistemática que compreendeu a análise da linha temporal de publicação, das redes sociais de cooperação entre Instituições de Ensino Superior (IES) e autores dos artigos nacionais e internacionais, bem como, dos Journals mais relevantes, das palavras-chave mais usuais, da tipologia dos estudos e da rede de cocitação dos estudos. Verificou-se que a produção nacional e internacional possui diferenças significativas no que diz respeito as redes de cooperação entre instituições e autores e o reconhecimento científico das publicações. No entanto, no que tange a análise das cocitações é possível perceber que estas são similares, destacando-se as publicações de Whittington (2006) e Jarzabkowski, Balogun e Seild (2007).  Especificamente no contexto nacional os estudos têm se mostrado incipientes, o campo se apresenta em amadurecimento, visto a ausência de pesquisas brasileiras em Journals de alto impacto, a baixa representatividade científica, o pequeno número de publicações relevantes, a entrada tardia no campo e a falta de amadurecimento das redes de cooperação. Já no contexto internacional, a temática apresenta-se mais evoluída, tendo em vista o grande número de artigos relevantes e os destaques nas redes de cooperação que expressam a maturidade dos relacionamentos. A maioria dos artigos identificados são desenvolvidos na Europa, onde concentram-se as instituições mais profícuas. Ainda se constatou que os estudos sobre a temática apontam diversas lacunas que podem ser exploradas em trabalhos futuros. Isso mostra a necessidade do desenvolvimento da Estratégia como Prática Social, e por meio da análise realizada, identificou-se como gaps para a agenda de pesquisa: o aprofundamento da área com estudos etnográficos, a compreensão do processo de institucionalização de práticas estratégicas em organizações híbridas e a utilização de instituições militares como objeto de estudo. Assim, esta sistematização da literatura sobre Estratégia como Prática Social proporciona suporte inicial bibliográfico para futuros trabalhos, com uma agenda de pesquisa pautada nos artigos publicados entre 2013 e 2017.


Palavras-chave


Estratégia como Prática Social; ProKnow-C; Análise Sistemática; Bibliométrico; Redes Sociais de Cooperação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Pós-graduação stricto sensu em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.