Redes Organizacionais: Perspectiva Para Sustentabilidade de Uma ONG. DOI: 10.15600/1679-5350/rau.v8n1p84-104

Edileusa Godoi-de-Sousa, Valdir Machado Valadão Jr.

Resumo


As organizações pertencentes ao terceiro setor enfrentam muitos desafios. Além de aspectos gerenciais, existe uma inquietação com relação à capacidade de se relacionarem com diversas esferas e se fortalecerem institucionalmente, como condição à sustentabilidade. Neste estudo, o objetivo foi analisar a perspectiva de redes organizacionais para a sustentabilidade de uma ONG. Apresentou-se um estudo de caso orientado pelas dimensões sustentabilidade econômica, sustentabilidade social e sustentabilidade cultural, e ainda, as formas, a natureza das relações entre os parceiros e os tipos de articulações nas redes organizacionais. A abordagem foi qualitativa. Para a coleta de dados adotou-se a técnica de entrevista semi-estruturada, a observação direta e a análise de documentos. Na análise e interpretação dos dados foi utilizada a técnica da triangulação. Os resultados apontaram que, a ONG pesquisada busca novas formas de estruturar os seus mecanismos de gestão, especialmente na busca de parcerias com o Estado e com as empresas privadas.

Palavras-chave


gestão, terceiro setor, organizações não-governamentais, redes, sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/rau.v8i1.104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Journal of Directors of Unimep. ISSN 1679-5350. Electronic publication linked to the Professional Program Master's and Doctorate in Business Administration, Methodist University of Piracicaba

Diario de Administración de Unimep. ISSN 1.679-5.350. Publicación electrónica vinculada a la del Programa de Maestría y Doctorado Profesional en Administración de Empresas, Universidad Metodista de Piracicaba.

Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Doutorado em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.