FATORES INTERNOS RELACIONADOS AO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL COM BASE NA TEORIA BASEADA EM RECURSOS (TBR): UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO

Deise Taiana de Ávila Dias, Gabriel Sperandio Milan, Deonir De Toni

Resumo


A Teoria Baseada em Recursos destaca que os recursos internos da empresa são os preditores principais para o desempenho organizacional. Assim, a Teoria Baseada em Recursos contribui com o ponto de vista de que as organizações devem focar sua atenção no desenvolvimento de ativos e processos internos. As organizações devem reformular seus processos, os quais são recursos fundamentais inimitáveis e de alavancagem, a fim de atingir o desempenho organizacional. Estudiosos da área estratégica de negócios estão constantemente em busca das diferenças de desempenho nos fatores internos da empresa. É nesse contexto que o objetivo desta investigação foi analisar a influência dos fatores internos, a partir da Teoria Baseada em Recursos, no desempenho organizacional. Esta investigação foi natureza qualitativa-exploratória, como método, efetuou-se uma pesquisa bibliométrica, utilizando-se a análise de conteúdo como técnica de análise e interpretação dos dados. A análise foi desenvolvida por meio de uma amostra de 41 artigos, publicados em periódicos internacionais. A seleção dos artigos ocorreu nas seguintes bases de pesquisa: Emerald, SAGE, Scopus, Wiley Online Library e Web of Science. A escolha destas bases de pesquisa é justificada por permitir que o pesquisador tenha acesso aos periódicos de maior fator de impacto e índice JCR. Para busca utilizou-se os seguintes termos: “Resource-Based View” ou “Resource-Based Theory” e “Organizational Performance”. O seletor de tempo foi considerado desde o ano de 1990 até o ano 2015. Como critérios de coleta, observou-se os artigos de maior relevância, quando disponível este filtro na base de pesquisa, especificamente, no caso da Web of Science, analisou-se os artigos mais citados, já que a plataforma disponibilizou tal recurso. Para codificação e categorização dos artigos, optou-se pela utilização do software MAXQDA 12. Como resultado observou-se que, dentre os fatores internos que estão associados ao desempenho organizacional, os que apresentaram maior influência foram: organizacionais, humanos, tecnológicos e físicos. Os construtos mais impactantes nos documentos pesquisados foram: estratégias, capital humano, gestão do conhecimento e eficiência da gerência. Com relação aos construtos citados como impactantes, observou-se uma lacuna de pesquisa, de modelos que estabeleçam relações destes construtos com o desempenho organizacional. Também, constatou-se uma carência de estudos que abordem estes fenômenos no contexto brasileiro, o que se analisa como uma oportunidade de pesquisa. Portanto, este estudo contribui primeiro, com a proposição de um modelo a ser testado empiricamente no contexto brasileiro, avançando na Teoria Baseada em Recursos. Segundo, se projetam futuras contribuições gerenciais, uma vez que, os gestores possam ter a oportunidade de ampliar seus esforços para melhorar o desempenho organizacional.

Palavras-chave


Teoria Baseada em Recursos; Fatores Internos; Desempenho Organizacional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/rau.v16i3.1220

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Journal of Directors of Unimep. ISSN 1679-5350. Electronic publication linked to the Professional Program Master's and Doctorate in Business Administration, Methodist University of Piracicaba

Diario de Administración de Unimep. ISSN 1.679-5.350. Publicación electrónica vinculada a la del Programa de Maestría y Doctorado Profesional en Administración de Empresas, Universidad Metodista de Piracicaba.

Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Doutorado em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.