OPORTUNIDADES DE PESQUISA EM GESTÃO DO CONHECIMENTO NO BRASIL: UMA CHAMADA PARA ESTUDOS ANALÍTICOS E NAS PERSPECTIVAS INTERPRETATIVA, CRÍTICA E DIALÓGICA.

Flávia Domingues, Clarissa Carneiro Mussi, Maria Zenilda Silva, Cristina Martins, Arturo Muttoni Deambrosis

Resumo


A associação do conhecimento e da sua gestão ao incremento do desempenho organizacional e à vantagem competitiva tem sido defendida. Estudos sobre a influência da gestão do conhecimento no desempenho organizacional são continuadamente realizados com vistas a compreender de que forma e em que medida o desempenho pode ser afetado por políticas, estratégias e práticas advindas da gestão do conhecimento. Este fato denota a relevância do desenvolvimento de pesquisas em gestão do conhecimento e do amadurecimento desta temática. Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa cujo objetivo principal foi analisar os periódicos nacionais visando identificar tendências nas publicações sobre gestão do conhecimento e oportunidades de pesquisa nesta área. O mapeamento da produção científica sobre o tema compreendeu o período de 1999 a 2015, abrangendo os periódicos nacionais classificados no WebQualis da área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo. Trata-se de um estudo de natureza exploratória e descritiva, com abordagem quantitativa-qualitativa e coleta de dados secundários. 409 artigos compuseram a amostra final analisada considerando variáveis globais e individuais (de cada artigo/pesquisa). Em relação às variáveis globais, o estudo propiciou destacar o periódico que mais publicou sobre o tema; o autor mais prolífico e; o ano que obteve o maior número de publicações. Quanto às variáveis individuais identificou-se a natureza das publicações (teórica e/ou empírica); a abordagem de pesquisa predominante (qualitativa e/ou quantitativa); os pressupostos epistemológicos (normativo, subjetivo, crítico ou dialógico); o caráter da pesquisa (prescritivo ou analítico); a geração da gestão do conhecimento enfatizada (compartilhamento, criação e geração de valor) e; a amplitude do estudo (processos da gestão do conhecimento). Dentre os principais resultados observou-se uma distribuição das publicações em relação às gerações da gestão do conhecimento, o que é um fator positivo, mostrando uma evolução da pesquisa nacional na temática. Entretanto, a maioria destes estudos fundamenta-se na perspectiva normativa e no caráter prescritivo, mostrando ênfase na identificação de princípios e ações relacionadas à gestão do conhecimento com vistas à modificação das organizações, no lugar, da criação de conceitos e constructos que visem a contribuir com a compreensão de fenômenos relacionados à temática. A quase inexistência de pesquisas nas perspectivas crítica e dialógica, mostra também que os efeitos disciplinadores e dominadores do conhecimento e da sua gestão são deixados, em grande parte, de serem examinados. Dentre as principais oportunidades de pesquisa na área, destaca-se a necessidade de estudos com caráter analítico, bem como com um enfoque interpretativo, crítico e dialógico. Dada a influência que possuem os pressupostos epistemológicos para o desenvolvimento de uma área de pesquisa, os quatro discursos (normativo, interpretativo, crítico e dialógico) precisam ser apreciados, compreendidos e representados em pesquisas de gestão do conhecimento de forma equilibrada para que esta área de investigação possa lidar com a problemática da gestão do conhecimento na prática.


Palavras-chave


gestão do conhecimento, desempenho organizacional, abordagem metodológica; oportunidades de pesquisa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/rau.v17i1.1291

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Journal of Directors of Unimep. ISSN 1679-5350. Electronic publication linked to the Professional Program Master's and Doctorate in Business Administration, Methodist University of Piracicaba

Diario de Administración de Unimep. ISSN 1.679-5.350. Publicación electrónica vinculada a la del Programa de Maestría y Doctorado Profesional en Administración de Empresas, Universidad Metodista de Piracicaba.

Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Doutorado em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.