Marketing Ecológico: análise e tendências em um ambiente globalizado

Antonio Carlos Giuliani

Resumo


A aceleração proporcionada pela era digital trouxe, de um lado, diversos benefícios econômicos, mas sérias conseqüências ambientais. Surge o marketing verde para gerar e facilitar as trocas, procurando satisfazer os desejos e necessidades dos consumidores e minimizar o impacto sobre o meio ambiente. Este artigo pretende dar uma contribuição a esses impactos, procurando apresentar como as empresas preocupadas com o meio ambiente estão utilizando suas estratégias e analisar o comportamento do consumidor a partir de suas posições diante das questões ambientais e como esse posicionamento interage com os hábitos de consumo. Através da pesquisa exploratória, foram determinadas as variáveis relevantes consideradas no problema, utilizando-se da análise e levantamento em fontes secundárias, levantamentos de experiências e estudo de casos. Enfim, o Marketing Verde envolve a adoção de diversas práticas preservacionistas, mas constitui-se um equívoco tentar usar a comunicação de forma persuasiva, pois a maior contribuição acaba sendo a compreensão de que seu caráter deve ser muito mais de educação ambiental do que de comportamento de compra.

Palavras-chave


marketing verde, marketing de relacionamento, comportamento de compra

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/rau.v2i1.130

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Journal of Directors of Unimep. ISSN 1679-5350. Electronic publication linked to the Professional Program Master's and Doctorate in Business Administration, Methodist University of Piracicaba

Diario de Administración de Unimep. ISSN 1.679-5.350. Publicación electrónica vinculada a la del Programa de Maestría y Doctorado Profesional en Administración de Empresas, Universidad Metodista de Piracicaba.

Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Doutorado em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.