Estratégias e Arranjos Produtivos da Indústria Automobilística nos Mercados Emergentes: O Caso Brasileiro

Mário Sacomano Neto, Antônio Francisco Iemma

Resumo


O objetivo desse artigo é apresentar as principais estratégias e os arranjos produtivos da indústria automobilística nos mercados emergentes, especialmente no contexto brasileiro. Nos últimos anos, o processo de internacionalização da indústria automotiva tem se intensificado, sendo esse processo uma das estratégias centrais das montadoras de veículos. A internacionalização, a distribuição geográfica e a divisão internacional do trabalho representam temas elementares para o estudo do setor. Isso se justifica em função da estabilização de produção e venda de veículos nos mercados da Tríade: Estados Unidos, Japão, e Europa. Como conseqüência, há uma mudança significativa do papel dos países mercados emergentes e blocos regionais, como é o caso do Mercosul.

Palavras-chave


Estratégia, Arranjos Produtivos, Indústria Automobilística

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Journal of Directors of Unimep. ISSN 1679-5350. Electronic publication linked to the Professional Program Master's and Doctorate in Business Administration, Methodist University of Piracicaba

Diario de Administración de Unimep. ISSN 1.679-5.350. Publicación electrónica vinculada a la del Programa de Maestría y Doctorado Profesional en Administración de Empresas, Universidad Metodista de Piracicaba.

Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Doutorado em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.