Administração de Ciência e Tecnologia: A Produção Científica Brasileira entre 2000 e 2005. DOI: 10.15600/1679-5350/rau.v7n3p1-23

Luciano Rossoni, Israel Ferreira Júnior, Antônio João Hocayen-da-Silva

Resumo


Nos últimos anos, houve grande esforço em se fazer um balanço crítico das publicações científicas em diversas disciplinas; porém muitas áreas ainda não foram contempladas, como a de administração de ciência e tecnologia. Preenchendo essa lacuna, buscou-se com este artigo apresentar um quadro geral da produção científica em administração de ciência e tecnologia, por meio de dados levantados a partir dos artigos publicados nos anais do ENANPAD e do Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, entre 2000 e 2005. Verificou-se que os artigos apresentaram, em média, dois autores. Grande parte desses enquadrou-se como teórico-empírico (79,4%). Dos artigos teórico-empíricos, a maioria apresentou o método qualitativo, com predomínio do estudo de caso como estratégia de pesquisa. Entre as instituições de origem dos autores, cinco se destacaram como as mais prolíficas, respondendo por quase metade dos artigos publicados no período. Além disso, mais da metade dos artigos está concentrada em somente três Estados.

Palavras-chave


Administração da Ciência e Tecnologia; Metodologia de Pesquisa; Pesquisa Acadêmica; Produção Científica; Meta-estudos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Journal of Directors of Unimep. ISSN 1679-5350. Electronic publication linked to the Professional Program Master's and Doctorate in Business Administration, Methodist University of Piracicaba

Diario de Administración de Unimep. ISSN 1.679-5.350. Publicación electrónica vinculada a la del Programa de Maestría y Doctorado Profesional en Administración de Empresas, Universidad Metodista de Piracicaba.

Revista de Administração da Unimep. ISSN 1679-5350. Publicação eletrônica vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Doutorado em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba.